Não sou Jardim nem Flor

Já não sou quem antes era
Tristemente assim viajo
em silêncio mergulhado
Procurando algo ameno
depois de tão calejado...

Já não sou jardim nem flor
sou apenas um suspiro
que se esconde na solidão
entre o perfume e a dor
e nos tempos que já lá vão...

Insano peito sofrido
sentimento acabrunhado
em silêncio eu mergulho
procurando algo ameno
depois de tão calejado...

Ergo Louvores ao Senhor
colocando-me a seus pés
Ele me cobre com o seu Manto
abraçando-me de lés-a-lés!!

Comentários

  1. Boa noite de muita paz de Domingo, querida amiga Luísa!
    Que bom vê-la postando aqui!
    Melhorou a saúde, querida?
    Você é flor sim e uma das mais lindas do Jardim do Senhor.
    Desejo-lhe as melhoras, minha tão doce amiga.
    Seja muito abençoada e feliz!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Um leve sonho de Amor

Haja Alegria nos Céus

Como Prova de Amor